Manteigaria

Manteigaria Manteigaria Manteigaria

Apesar de ter mudado muitíssimo a minha alimentação no final do ano passado (talvez um dia destes vos fale sobre isso), o que incluiu um corte radical no consumo de açúcar, não consigo deixar de comer um doce uma vez ou outra (normalmente guardo para o fim-de-semana). Eu sou de facto muito gulosa, adoro tudo o que é bolos! E claro que adoro os nossos maravilhosos e famosos pastéis de nata. E mais, tenho em casa um apreciador que me supera no que toca a este doce em particular: o meu marido. Ele é super fã de pastéis de nata e come um em todos os cafés por onde passa. Mas a sua busca pelo melhor terminou no dia em que provou o divino pastel da Manteigaria. Impossível não nos rendermos a tamanha delícia!
Quem passa pela Rua do Loreto, junto ao Largo de Camões em Lisboa, não fica certamente indiferente ao cheirinho que sai do nº2. Entrar é quase certo, e um mundo maravilhoso se desvenda perante os nossos olhos: uma fábrica de pastéis de nata, quentinhos a sair do forno, feitos bem ali à nossa frente. Há para todos os gostos, mais queimadinho, mais clarinho, polvilhado com canela, com açúcar em pó, mas sempre com a mesma perfeição. O resultado do casamento entre a massa estaladiça, no ponto, e o creme com a textura aveludada, capaz de nos dar arrepios na língua! (Expressão que eu uso para descrever o que sinto quando um doce é especialmente maravilhoso.)
Cá por casa somos fãs da Manteigaria, é o nosso número 1, o preferido de todos os pastéis de nata. Por isso digo-vos, se ainda não provaram esta delícia, aproveitem o próximo passeio naquela zona para o fazerem. Vão ver que vai valer a pena!